Vaquejada: Tudo Sobre o Melhor Esporte Equestre do Mundo

Tempo de leitura: 6 minutos

Fala que a Vaquejada é o melhor esporte equestre do mundo aqui parece suspeito, verdade seja dita, não existe outro evento/esporte equestre mais emocionante, cultural e que cause tanto impacto positivo na economia de uma região.

Nesse artigo vamos falar sobre a Vaquejada, Cavalo de Vaquejada, Garanhões, Música de Vaquejada e onde você pode assistir Vaquejada ao vivo.

Vaqueiros corrente boi na Vaquejada
Vaqueiros corrente boi na Vaquejada

Sobre a Vaquejada – história e origem

A vaquejada é definida como uma atividade cultural típica do nordeste brasileiro, mas que também é praticada em outras regiões do país.

É uma atividade cultural e regulamentada como prática esportiva, a vaquejada é, ao mesmo tempo um grande evento que reune grande artista shows durante as competições.

Trata-se de uma oportunidade de confraternizar, de reverenciar nossa cultura e de celebrar uma prática que, sem dúvidas, se enquadra como um importante patrimônio nacional.

Eventos de vaquejada costumam reunir espectadores aos milhares, principalmente na Região Nordeste, que é o berço da atividade.

Saiba mais: Vaquejada: o que é, como surgiu e onde assistir online

Como funciona?

Dois vaqueiros montados à cavalo têm um boi para derrubar. A disputa ocorre em um local apropriado, chamado de parque de vaquejada.

O boi é solto e conduzido pelos vaqueiros até a área onde estão duas faixas cal no final da pista.

Mas não basta levá-lo até a área demarcada: chegando lá, é preciso derrubar o animal, puxando-o pelo rabo, entre as duas faixas de cal. Veja o vídeo.

É o que determina os vencedores da disputa. E tudo deve acontecer sem que o boi encoste nas faixas de cal.

Obviamente, isso cria um grau de dificuldade bem maior para os praticantes, especialmente porque o boi em questão não é de pequeno porte.

Saiba mais: Vaquejada: o que é, como surgiu e onde assistir online

Como surgiu a vaquejada?

A origem da vaquejada remete ao final do século 18, início do século 19. Como você deve imaginar, o berço dessa manifestação cultural é a Região Nordeste.

Para ser mais preciso, há o entendimento de que a vaquejada como se conhece hoje surgiu na região de Seridó, no Rio Grande do Norte.

Na época, as fazendas não tinham uma divisão clara. O gado ficava solto na caatinga, em uma área de mata fechada e terreno acidentado.

Eventualmente, um boi se desgarrava do rebanho e tinha que ser recuperado. Eram os chamados marueiros ou barbatões.

Para conduzir o animal, então, era preciso contar com dois homens montados em seus cavalos, em um movimento muito parecido com o que os vaqueiros fazem nas disputas.

Mas usar a vara para derrubá-lo, nessas condições, era uma verdadeira missão impossível.

Eis que só mesmo puxando pelo rabo para controlar o boi e levá-lo de volta ao rebanho por entre as árvores, se esquivando de galhos secos e espinhos.

Quem se dava bem no desafio do que na época era chamado de “pegada do boi”, conquistava o respeito, a admiração e até fama entre os habitantes dos povoados.

Por vezes, o desafio até rendia recompensas aos vaqueiros.

Isso incentivou a prática, ainda em caráter bastante amador, mais como treinamento e diversão.

Mas não demorou para os coronéis da região enxergarem ali uma oportunidade de negócio.

Logo, onde havia uma festa popular, com feiras e forró, também ocorria apresentações de vaquejada.

Era o início da sua popularização no Nordeste.

Saiba mais: Vaquejada: o que é, como surgiu e onde assistir online

Cavalo de Vaquejada

Chegou a hora de falar sobre as raças de cavalos mais populares na Vaquejada e suas características.

Cavalo Quarto de Milha

Cavalo de Vaquejada: Quarto de Milha
Cavalo de Vaquejada: Quarto de Milha

Os cavalos dessa raça tem o temperamento dócil, tem facilidade na doma e são muito inteligentes. Das suas características gerais, eles vivem entre 25 e 30 anos, pesam aproximadamente 500kg e medem 1,50m.

Hoje existem aproximadamente 5 milhões de cavalos Quarto de Milha em todo mundo, mas a sua origem é bem recente: séculos XVIII. Nessa época eles eram conhecidos pelas disputas de até um quarto de milha, assim, deu-se a origem do nome.

Quando chegou ao Brasil, as corridas deram lugar às provas de jockey, e no interior as provas de pega de boi, posteriormente, as vaquejadas.

O cavalo de vaquejada Quarto de Milha é considerado o cavalo mais rápido do mundo, portanto, se destacam em provas de velocidade. Ele pode atingir a marca de 400m em 20 segundos e até 88,5 km/h em percursos curtos.

Sua velocidade e desenvolvimento são destaque, tendo, assim, a capacidade de mudar de direção com agilidade, ter partidas rápidas e paradas bruscas sem que perca o controle. O que, decerto, facilita a vida de todo domador e vaqueiro nas provas.

O animal pode ser considerado uma febre no Brasil e, inegavelmente, acabou criando diversos fenômenos. Alguns cavalos premiados, mesmo depois da morte são considerados destaques pela linhagem deixada por eles.

Saiba mais: Cavalo de Vaquejada: conheça a raça mais usadas no esporte

Cavalo Paint Horse

Cavalo de Vaquejada: Cavalo Paint Horse
Cavalo de Vaquejada: Cavalo Paint Horse

Eles são muito conhecidos pelos americanos há mais de 500 anos, porém, no Brasil, o cavalo ganhou espaço a partir dos anos 90. Hoje o nosso país já conta com mais de 35 mil animais registrados em 7 mil haras diferentes.

O Paint Horse é conhecido por sua pelagem diferenciada conforme as manchas brancas espalhadas em partes do seu corpo, sendo elas enumeradas entre Overo, Tobiano e Tovero.

Saiba mais: Cavalo de Vaquejada: conheça a raça mais usadas no esporte

Música de vaquejada

Toda manifestação cultural tem o seu ritmo musical e na Vaquejada não poderia ser diferente.

Como começou?

A música sertaneja é um gênero brasileiro criado no início da década de 1910, e analogamente podem ser conhecidas como “moda”. Durante o período de interiorização do Brasil, portanto, as duplas eram definidas pelo violeiro e o cantor e essa configuração permanece até hoje.

Desde o início até o que se conhece hoje, entretanto, aconteceram algumas modificações no estilo. O ritmo, o contorno melódico, a instrumentação e até a letra ganhou, eventualmente, uma conotação diferente. Pode-se dizer até que foi recebendo influência nos outros estilos que surgiram com o passar dos anos, aliás.

Saiba mais: Músicas de vaquejada, a sofrência que move o Brasil

Vaquejada ao Vivo na Internet

Para você que é amante de Vaquejada, assim como nós, temos algumas dicas legais onde assistir ao vivo sem sair de casa.

Canais para você assistir vaquejadas ao vivo e gravações:

Gostou? Saiba mais: Vaquejada: o que é, como surgiu e onde assistir online

Conclusão

A Vaquejada é paixão, cultura e esporte. Como Wesley Safadão diz: Vaquejada é o vírus da febre do rato, entra no sangue e nunca mais vai sair.

Espero que tenha gostado. No próximo artigo vamos falar sobre o mercado, economía e como você pode ganhar dinheiro.

Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *